domingo, 23 de novembro de 2008

ei ei eu volto e com força e determinação








Dieta? Controle?
bom pra eu ter conseguido emagrecer até 62 e depois voltar para os 69 definitivamente eu não sei o que são essas duas palavrinhas.
ódio de mim sim por chegar a esse ponto mas enfim, não vou falar de dieta.
Começo a minha na segunda, mas disposta do que nunca, sou chata e odeio quando vejo alguém falando ‘começo na segunda’, ‘segunda é o dia mundial de começar dieta’, segunda segunda segunda e blah.
Então só segunda pq nem prestei pra arrumar forças pra começar imediatamente e vou comer tudo que puder esse fim de semana.

quero falar de uma coisa que acho tão tão feia gente.
A falta ajuda que as pessoas sofrem. Falta de solidariedade, de respeito e carinho para com outros.
O que me fez falar nisso? Nesse fim de semana estava navegando nos orkuts de umas amigas anas/mias e uma das meninas que tanto tenho carinho postou umas fotinhos não tão bonitinhas aos olhos dos outros.
Era fotos de cortes que ela própria fez em partes de seu corpo. E os comentários das fotos me deixaram triste e assustada. É ainda me assusto com a falta de sensibilidade das pessoas. Um comentário dizia algo mais ou menos assim:
credo, nossa isso já é doença vou te excluir da minha lista. Outros diziam: aff, aff[2], aff[3] ....
Fiquei tão revoltada com isso...não sei quantas das que conheço passam por isso, dos cortes...até pq isso é uma das maneiras de se auto punir e não é uma situação exclusiva de pessoas com problemas de TA, mas se precisarem conversar ou de palavra amiga ou até de puxão de orelha eu dou. Não digo isso pq acho que devemos ir é dizer pra pessoa continuar se cortando e fazendo seja lá o que for mas eu sei que nessas horas o que mais buscamos é conforto, é se sentir parte disso tudo que nos rodeia. E daí vem algum filhote de ‘cruzcredo’ e diz essa merda aí em cima, meuuuuuu como as pessoas pode agir assim...parte do ser humano ser cruel e indiferente mesmo com seus semelhantes né? A filha da puta nem pensou em ajudar e dar alguma palavra de apoio, já pensa em excluir aquela coisa da vida. Tudo bem que ninguém é obrigado a tomar as dores dos outros, mas ainda sim isso me revoltou.
Não sei se a tal pessoa era ahn ana/mia pq o perfil dessa amiga não é fake então é possível que fosse uma pessoal ‘normal’ que fez esse comentário. Normal que digo alguém explicitamente feliz e sem nenhum tipo de problema.
Eu fiquei com medo, pq a gente sempre vê muito nos blogs, perfis e afins frases do tipo: só a gente entende o que sofremos, só estando na mesma situação e bla bla bla . E já vi muita menina dizendo está nesse mundinho ana/mia e simplesmente esnobar outra.
Como pode isso? Tenho raiva disso sabe, preconceito dentro de grupos...assim o mundo nunca vai melhorar...nem que seja um pouquinho...eu sou ditadora(segundo meu irmão) e novamente fico com medo, pq penso que se eu tivesse determinado poder eu extermi-naria tudo...cortar o mal pela raiz sempre! rs

Fiquei sensibilizada, efeitos da
TPM... amaaaaaaaaada amiga, pq uma pessoa se auto-mutila? O que faz alguém chegar a ponto de buscar
Refugio na dor provocando cortes em si mesma?



E queria pedir uma coisa, sei que cada qual sofre com seus próprios problemas, mas quando alguém na sua cara pedir ajuda demonstrar que necessite ou se você sentir que pode ajudar...uma palavra...um abraço...dê...faça-o. Ou se não der mesmo ao menos sejam educados ao dizerem que não podem. O mundo precisa mais disso, pessoas respeitando as outras, os gostos e tudo mais. Não aceitando, pq ninguém é obrigada a aceitar, mas respeitar é sim, é obrigação ter
RESPEITO para com os outros.

ah sem esquecer outra coisa também hehe meninas desculpe a imagem feia do outro post, para era realmente pra causar impacto rsrsrs pelo menos pra mim, principalmente as vegs me desculpem hihihi só um sustinho básico.
Também quero agradecer muito muito todo o carinho de todas, amo isso tudo aqui. E agradecer também as pessoinhas novas que estão aparecendo por cá e com palavras lindas para mim,
OBRIGADAAAAA!




saudades ENOOOORMEEEEEE de todas , T-O-D-A-S que sumiram ou desfizeram os blogs. Poxa APAREÇAM!

pronto acho que falei quase tudo por hora...
força sempre
beijoooo





"Eu sou sua cabeça, seu coração e sua alma. A dor da fome, que você finge não sentir, sou eu dentro de você!”

10 comentários:

M. disse...

Concordo com você, amor. Não deu pra ler tudo, porque to meio apressada aqui, mas depois eu faço um comentário melhorzinho. Força.

M. disse...

Ah, amor, mudei de endereço, aqui é a Mary Anne, se puder mudar o link, ficarei grata *-* Eu vou te linkar, mais tarde, mas como disse, estou meio ocupada. Beijos.

Wilza Metal disse...

Bom dia Amada Tange... estou morrendo de saudades de vc... a dieta já foi pro saco e a doação de kgs p a crystal tbém... e sei que no ano q vem a gente engorda ela.. estou fazendo prova atrás de prova,trabalho atrás de trabalho na facu... estou numa correria só estava com 90.0kgs e agora estou com 94.0kgs... deixei a dieta de lado vou esperar acabar as aulas assim terei mais tempo p malhar e cuidar da minha saúde... estou tão estressada vc não imagina como não tenho tempo nem p beijar na boca e olha que eu estava ficando com um carinha lá da facu eu o chamo de pedaço de mal caminho no meu blog... mas essa semana preciso de agarrá-lo p ver se passa o meu stress... mas que bom q vc está bem... te adoro tange!!! bjs!! Que Deus a abençõe....

disse...

"Normal que digo alguém explicitamente feliz e sem nenhum tipo de problema."

hehe, amei esta!

Sim é mesmo feio ser tão rude com os outros, um pouco de empatia não mata ninguém!

ótima semana pra ti :-)

Larissa H. disse...

Bom Dia Tangee!!

Nossa! Esse post foi o post. Sei bem como é isso. Tive dessas meninas no meu perfil excluidopelo orkut - snif!

Respeito é, sem dúvida alguma, a coisa mais importante pra se viver em paz hoje e sempre!

Que os deuses nos ajudem nas nossas metas natalinas!
Beijo&força!

M. disse...

Tang, já te linkei no blog. Não me sinto confortável em ficar cobrando, mas você disse que me linkou também e no 'Mary Anne' o endereço continua sendo o mesmo (o do blog antigo). Sou chata mesmo, haha. Obrigada pela força, desejo igualmente à você e vamos sim conseguir chegar às nossas metas, nem que seja a última coisa que eu faça (que trágico). Ah, e mais uma perguntinha, como você faz pra tirar aquela 'paradinha' de busca do Blogger que fica no topo da página? Aquele negócio me irrita e percebi que no seu blog não tem. Beijos com uma pitada de força e sorte pra você.

Ocean Blue disse...

Sim... porque mesmo sendo a segunda uma coisa clichê.... Antes nela do que NUNCA...hihi
.
Sorte na batalha, minha fada!

Beijo grande e uma ótima semana para ti!

♥ Femine ♥ disse...

Pronto apareci!!!
q bom q vc ta determinada
vc sabe q sempre estarei por perto
bjokas

::Ana Paula:: disse...

amiga, entendo sua revolta, mas sabe o que é... é mais fácil criticar, dizer um afff do que compreender e ajudar. as pessoas sãoegoístas tange. não se importam.
já passei por esse tipo de situação.

agora vc vai me perdoar, mas eu sou chata, simplesmente não dou atenção pra wannabe. Não quero dizer que todo mundo que faz um blog novo hj é wannabe. Mas são wannabes aquelas que pedem conselhos de como miar, de como ser ana. Essas sim, sinceramente, merecem é preconceito mesmo. Mas obviamente nao se pode generalizar. Só não entendo a necessidade delas de criar blog, orkut de ana/mia sendo que elas não são!!!!!!

e se as pessoas chegam aqui nos blogs, ou no orkut de uma pessoa como sua colega e diz um 'afffff'...eu é que faria questão de excluir essa pessoa.

ninguém aqui nos blogs é coitadinha. e ninguém merece ouvir um afffff.

o que merecemosé respeito, cada uma de nós tem o direito de se expressar, de ser do tamanho que é ou que quer ser.

eu tenho uma vizinha que pesa uns 150kg. acredita que ela veio dizer que engordei?? olha só!! parece até que não tenho o direito de pesar o que peso.

bjj

Alice disse...

Olá, Tangerine

Sempre dei umas espiadas no seu perfil- quando eu tinha orkut- e nesse blog mas nunca deixei comentário. Gosto muito da sua abordagem sobre as TA´s e vejo que você investe sua vida nisso. Não me sinto só quando leio seus textos.
Sou bulímica e me revolto muito com a falta de sensibilidade das ditas "pessoas normais" e muito mais com as próprias anas/mias que falam das doenças com ignorância ou que desrespeitam umas as outras... sobre isso eu poderia fazer uma longa lista de casos que já presenciei ou sofri.
Quanto a essa questão de cortes, é meu caso também. É uma forma de me punir por ser tão gorda, por comer, por não dar meu máximo... E encontro intolerância onde quer que eu passe.

Bonito esse post.

Valeu, Tangerine!

Abraço

Alice